da Bahia para o Mundo
  • pt-br
  • en

Nosso desempenho e atuação em poucos cliques

Desde 2017, publicamos o Relatório de Sustentabilidade da Veracel nesta plataforma online, como forma de otimizar e simplificar o acesso aos principais indicadores de desempenho e iniciativas da empresa nas dimensões econômica, social e ambiental. Mantendo seu compromisso com a informação de qualidade, a Veracel elaborou esta edição do Da Bahia para o Mundo seguindo as normas GRI (Global Reporting Initiative), obrigatória para relatórios GRI publicados a partir de julho de 2018. Além de ser um exercício de transparência, o documento permite comparar a evolução dos indicadores na mesma organização de um ano para o outro e também entre empresas do setor.  Esta edição refere-se ao período de 1º de janeiro a 31 de dezembro de 2017.

O conteúdo aborda temas relevantes para a Veracel e também para os principais públicos com os quais nos relacionamos: colaboradores, comunidades vizinhas às operações e lideranças comunitárias (incluindo as Organizações Não Governamentais), gestores públicos municipais e estaduais, fornecedores e acionistas. [GRI 102-45,  102-46,  102-47, 102-48, 102-49, 102-50, 102-51, 102-52, 102-54]

 

 

Um trabalho feito a muitas mãos

Lançando mão do contínuo processo de relacionamento e engajamento com nossos diferentes públicos, que tem base no diálogo e na busca por uma convivência proveitosa, identificamos os temas considerados materiais, ou seja, aqueles mais relevantes para a empresa e para nossos públicos de interesse, que direcionam o conteúdo deste relato.

A principal ferramenta de relacionamento e engajamento é o Diálogo Ativo, que fornece importantes insumos para definir a relevância dos temas, além das estatísticas dos sistemas de gestão (SRM e Sispart), Comunicação Anônima e inventários sociais. Outras oportunidades de diálogo compreendem fóruns eventuais ou sistemáticos, como o Ação e Cidadania, encontros com fornecedores e produtores florestais, Fórum Florestal, Conselho do Mosaico de Áreas Protegidas do Extremo Sul da Bahia (Comapes), Conselho de Desenvolvimento da Costa do Descobrimento, entre outros; além de canais como o Fale Conosco e da tratativa de questões levantadas pela mídia. [GRI 102-40, 102-42, 102-43 102-44]

A partir de relatos espontâneos de nossos públicos e de uma pesquisa aplicada no próprio site, acreditamos que nossa escolha por trazer o relato em uma plataforma online foi acertada, já que obteve grande aderência dos leitores. Entre abril de 2017 e fevereiro de 2018, o Da Bahia para o Mundo recebeu quase 50 mil visitas.

Matriz de materialidade

A matriz de materialidade organiza os temas que orientam a produção deste relatório. Também evidencia sua relação com os aspectos GRI relatados por meio de itens de divulgação, abrangência dos temas (local ou regional) e a relação dos públicos com os temas de maior interesse. A relevância dos temas que compõem a matriz é constantemente monitorada, por meio de pesquisas e nas diversas oportunidades de relacionamento, e reavaliada caso seja identificada necessidade de revisão, considerando os contextos social, econômico e ambiental de atuação da Veracel.  [GRI 102-56, 102-47]

 

Temas materiais indentificadosAspectos GRI relacionadosAbrangência*Públicos
Geração de renda (investimentos sociais, agricultura familiar)Desempenho Econômico, Práticas de Compras, Comunidade LocalRegionalComunidades, alta direção, fornecedores, poder público
Geração de empregos (mecanização do trabalho rural, retenção dos jovens na área rural e qualidade de ensino)Impactos Econômicos Indiretos, Comunidade Local, Práticas de ComprasLocalComunidades, alta direção, fornecedores, poder público
Paisagem e biodiversidadeBiodiversidadeRegionalComunidades, alta direção, acionistas, poder público
Meio ambiente (água, energia, emissões)EnergiaLocalComunidades, alta direção, acionistas, poder público
Água, Emissões, Efluentes e ResíduosRegional
Melhoria da qualidade de ensino fundamental, médio e profissionalComunidade LocalLocalComunidades, alta direção, acionistas, poder público
Educação ambientalBiodiversidadeRegionalComunidades, alta direção, poder público
Desenvolvimento local/apoio socialDireitos dos Povos Indígenas e Tradicionais, Comunidade LocalRegionalComunidades, alta direção, colaboradores, acionistas, poder público
Uso e ocupação do solo/questões fundiáriasBiodiversidade, Impactos Econômicos IndiretosRegionalComunidades, alta direção, acionistas, poder público
Estradas/acessoTransportes, Comunidade Local, Mecanismos de queixas e reclamações relacionadas a impactos na sociedadeRegionalComunidades, alta direção, fornecedores, poder público
Impacto das operações nas comunidades diretamente afetadasComunidade Local, Mecanismos de queixas e reclamações relacionadas a impactos na sociedadeLocalComunidades, alta direção, colaboradores
Saúde e segurançaSaúde e Segurança do TrabalhoLocalAlta direção, colaboradores, acionistas
Gestão de pessoasPresença no Mercado, Emprego, Treinamento e Educação, Diversidade e Igualdade de OportunidadesRegionalAlta direção, colaboradores, acionistas

*Por não comercializar celulose diretamente ao mercado, mas por meio de seus acionistas, o foco da materialidade da Veracel é local e regional.

VOLTAR AO TOPO

Qual a sua opinião sobre o relatório?(Clique e responda à pesquisa)